O risco dos talentos repetidos

Em sua palestra nesta quarta-feira no evento "Erros de Sucesso", em Belo Horizonte, Simon Olson, diretor de Desenvolvimento de Novos Negócios do Google Brasil, fez uma palestra batizada de "Os 5 Erros Mais Comuns Que Podem Acabar com Startups". Diego Remus postou o video e o ppt da apresentação no Startupi. O segundo vacilo apontado é a "falta de perfis necessários", assim resumido por Simon: "Um engenheiro, quando vai abrir a startup dele, chama outros engenheiros". Resultado: a empresa fica desbalanceada.

Agora tem almoço grátis no Yahoo!

O Yahoo divulgou nesta segunda-feira seus primeiros resultados sob o comando de Marissa Mayer, que se juntou à companhia em julho depois de 13 anos no Google. Basicamente, os lucros foram melhores do que no terceiro trimestre de 2011, o que, num olhar meramente financista, foi considerado um bom começo. O resultado, porém, foi inflado pela esperada venda da participação do Yahoo no Alibaba. E persistem as dúvidas sobre a capacidade da empresa de voltar a crescer.

Isto sim é um “Great Place to Work”

O site Business Insider descobriu que o Google Ventures – braço de venture capital do Google – está contratando e foi dar uma olhada no escritório. Saiu de lá com uma matéria que abre mais ou menos assim: "Abrigado nos gramados verdejantes do campus do Googleplex em Mountain View, há um lugarzinho agradável concentrado em mudar o mundo. Ele é chamado de Google Ventures."

Europa: salários que o trabalho não cobre

A edição de 2012 do ranking anual de competitividade do Fórum Econômico Mundial, divulgado nesta quarta-feira, joga luz sobre um fator pouco mencionado nas explicações para a prolongada crise na Europa: o abismo entre o Norte e o Sul do continente em termos de capacidade de competir internacionalmente.

A vitória da Apple e o futuro da inovação

Gente grande do mundo da tecnologia tem manifestado preocupação com o futuro da inovação depois que um tribunal de San José, na Califórnia, decidiu em favor da Apple no rumoroso processo contra a Samsung por quebras de patentes no desenvolvimento de smartphones e tablets. O júri determinou o pagamento de mais de US$ 1 bilhão para a Apple como indenização por perdas e danos. A Samsung planeja recorrer do veredito.